Sobrepeso e sedentarismo são fatores de risco para síndrome metabólica:

sobrepeso é um grande fator de risco para inúmeras doenças, em especial, as cardiovasculares. As consequências dele e da síndrome metabólica podem ser terríveis também para outros órgãos e tecidos: fígado (esteatose hepática), rim (nefropatia), olhos (retinopatia), gônadas (hipogonadismo), entre outros. Hipócrates, considerado o "pai da medicina", já dizia: “A corpulência não é apenas uma enfermidade em si, mas o prenúncio de outras. A morte súbita é mais comum naqueles que são naturalmente gordos do que nos magros".

segundo o novo guia da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (ABESO) fica em no máximo 90cm para os homens e 80cm para as mulheres. Outros critérios também fazem parte, sendo necessário dois para se fechar o diagnóstico:

Triglicérides ≥150mg/dl ou tratamento
HDL<40mg/dl (Homens);50mg/dl (Mulheres)
Pressão arterial sistólica ≥130 ou Pressão arterial diastólica ≥85mmHg ou tratamento
Glicemia de jejum ≥100 mg/dl ou diagnóstico prévio de diabetes

Mudanças no estilo de vida, com alimentação balanceada e exercícios físicos, todos já sabemos que são importantes. Diminuir o estresse excessivo! O estresse crônico causa hiperatividade do eixo hipotálamo-hipófise-adrenal, que leva a feedback negativo no núcleo paraventricular, levando a produção de endocanabinóides. Eles têm efeito no núcleo accumbens, levando para uma busca de comida palatável (alimentos doces e calóricos), que tem propriedades de recompensa poderosas no sistema hedônico não homeostático. Ou seja, influenciando o comportamento e levando ao maior acúmulo de gordura visceral.
Ter um sono de qualidade com mínimo de 7h. Privação do sono provoca diminuição da secreção de hormônios, como leptina e TSH, aumento dos níveis de grelina e diminuição da tolerância à glicose em seres humanos, incluindo aumento da fome e do apetite. Estas mudanças são consistentes com a privação de sono crônica levando ao aumento do risco de obesidade.

Lembre-se de procurar sempre o acompanhamento médico necessário.

viva com saude, viva mais feliz.